Conteúdo

Versão em espanhol


Redes Sociais




Câncer de Estômago


Em fases iniciais, o câncer de estômago é, com frequência, assintomático (não apresenta sintomas evidentes) ou pode causar somente sintomas inespecíficos (sintomas que não são específicos para o câncer de estômago isoladamente mas também a outros tipos de transtornos relacionados ao estômago ou não). Quando apresenta sintomas, o câncer costuma já ter alcançado uma etapa avançada e há presença de metástase (disseminação a outras partes, às vezes distantes, do corpo), que é uma das principais razões pelas quais previr este tipo de câncer é relativamente precário.

O câncer de estômago pode causar os seguintes sinais e sintomas:

Fase 1 (Inicial)
- Indigestão ou sensação de queimação (pirose ou azia).
- Perda de apetite, especialmente para ingestão de carnes.
- Mal estar ou irritação abdominal.

Fase 2 (Intermediária)
- Debilidade e fadiga.
- Distensão do estômago, geralmente após ingestão dos alimentos.

Fase 3 (Avançada)
- Dor abdominal na parte superior do abdômen.
- Náuseas e vômitos ocasionais.
- Diarreia ou prisão de ventre.
- Perda de peso.
- Sangramento (vômitos com sangue ou sangue nas fezes), que apresentarão uma cor escura. Isto pode levar a um quadro de anemia.
- Disfagia (dificuldade de deglutir), que sugere um tumor de cárdia ou extensão do tumor gástrico no esôfago.

Considere que estes sintomas podem ser de outros tipos de problemas, como um vírus estomacal, úlcera gástrica ou Espru tropical (má absorção intestinal de origem infecciosa).

Câncer de estômago
O estômago pode ser dividido em três partes: fundo gástrico, corpo e antro. É revestido pela mucosa gástrica (camada de tecido todo franzido). Na mucosa gástrica é onde aparece a maioria dos tumores. No entanto á proporção que os tumores crescem eles entram nas paredes estomacais e podem se espalhar para os gânglios e ínguas. Se diagnosticado precocemente, chegam perto de 100% as chances de cura. Em pessoas jovens este tipo de câncer está mais relacionado á predisposição genética, em pessoas mais velhas pesam os fatores ambientais e também a presença de uma bactéria chamada H. Pylori.

A endoscopia é um exame de suma importância para este tipo de câncer porque auxilia no diagnóstico precoce e permite determinar o tipo da lesão, tornando possível indicar a melhor opção de tratamento. Embora os canceres de estômago não sejam todos iguais, o tipo de tratamento preferencialmente escolhido é o cirúrgico.

Cuidados Básicos para Boa Saúde do Estômago:

- Mastigar bem os alimentos pois a digestão começa na boca.
- Não comer alimentos mal conservados nem muito salgados.
- Fraccionar as refeições (comer a cada 3 ou 4 horas).
- Não tomar antiácidos sem prescrição médica.
- Evitar o fumo.
- Investigar as causas de constantes dores de estômago em especial após as refeições. A dor pode aparecer quando a pessoa se alimenta, no entanto, isso pode ser apenas um indicativo de alterações gástricas não necessariamente um câncer.